Últimas Notícias

Previous Next
  • 1
  • 2
  • 3
22-06-2017 SDM e Jornal de Negócios promovem conferência sobre Zona Franca da Madeira... "O Papel da Zona Franca da Madeira na Internacionalização da Economia Portuguesa" é o tema da conferência...

Ler mais
24-05-2017 MAR será tema em Conferência de Direito e Economia do Mar... A 29 e 30 de Maio realizar-se-á na Faculdade de Direito de Lisboa a "Conferência Direito e Economia do Mar",...

Ler mais
02-05-2017 SDM - 30 anos ao leme do CINM e ao serviço do desenvolvimento... A SDM celebrou em Abril os 30 anos da sua actividade em prol da promoção e desenvolvimento do Centro...

Ler mais
24-03-2017 Balanço do CINM em 2016 é muito positivo A análise à evolução do Centro Internacional de Negócios da Madeira em 2016 permite destacar o resultado de...

Ler mais
24-03-2017 CINM aumenta contributo para a receita fiscal e emprego na Madeira ... Segundo dados validados pela Autoridade Tributária, em 2015 o CINM gerou mais de 151 milhões de euros de...

Ler mais
13-03-2017 Embaixada de Itália promove conferência sobre o CINM... Amanhã, dia 14 de Março, a Embaixada de Itália em Lisboa promoverá uma conferência sobre o Centro...

Ler mais

Paris MOU coloca Registo Internacional de Navios da Madeira na Lista Branca

Na última reunião anual, o Comité do Memorandum (MOU) de Paris avaliou a performance dos registos de navios a nível mundial e deu nota positiva ao Registo Internacional de Navios da Madeira, integrando-o na Lista Branca.

Para a S.D.M., este facto é a confirmação de que o Registo Internacional de Navios da Madeira tem vindo a consolidar de forma consistente a sua posição internacional face a outras bandeiras de qualidade e nos mercados internacionais.

Uma evolução que tem sido visível nos indicadores referentes ao Registo e que é agora reforçada por esta avaliação anual do Comité do Memorandum de Entendimento de Paris (MOU) que reconfirma o MAR como bandeira da Lista Branca. Uma classificação que atesta o reconhecimento das instâncias reguladoras internacionais do sector marítimo no MAR e o trabalho que tem sido desenvolvido em prol da sua qualidade e da segurança, com elevados níveis de exigência e rigor, que culmina num menor número de navios detidos por infracções às normas internacionais.

Recorde- se que a Lista Branca faz parte de um sistema de classificação de listas (Negra-Cinzenta- Branca) adoptado pelo Comité do MOU de Paris, a organização internacional que zela pela segurança, pelo ambiente e pela qualidade dos navios, onde estão representadas o conjunto global das bandeiras de qualidade.

A par dos resultados obtidos em termos quantitativos, amplamente divulgados, o facto do MAR integrar a lista dos melhores registos de navios do mundo (Lista branca do Memorandum de Paris) contribui para colocar Portugal no grupo de países cujas bandeiras de registo têm vindo a apresentar, consistentemente, níveis de desempenho positivos e taxas reduzidas de infracção às normas internacionais vigentes, transmitindo uma importante mensagem aos armadores portugueses e estrangeiros que visam a qualidade e condições competitivas para o registo das suas embarcações.

A S.D.M. considera também que a confirmação da presença do MAR na Lista Branca do MOU de Paris é mais uma prova do rigor e da transparência que caracterizam todo o Centro Internacional de Negócios da Madeira que, tal como o MAR, não consta, nem nunca constou, de nenhuma lista negra ou cinzenta de "paraísos fiscais", nem teve a classificação de "offshore" por parte das entidades internacionais competentes para o efeito, nomeadamente a OCDE, a União Europeia e o Grupo de Acção Financeira Internacional (GAFI).

 

 

FaLang translation system by Faboba